Logotipo Da Profitage

Atuação Nacional

Administração Do Capital De Giro

Atuamos Em Todo Brasil!

Link Para Abrir Whatsapp da Profitage(11)9.4037-7673
Fundador

fundador

Sérgio Martins - Fundador da Profitage
Contato
Oportunidades

O capital de giro de uma empresa é obtido através do passivo e dos ativos circulantes quando é feito o balanço do mês.

No entanto, o capital de giro também pode ser obtido pelo investimento líquido, a partir de ativos correntes que são usados para salvaguardar os negócios.

Mesmo com a sua enorme importância, alguns novos empresários não conseguem entender direito como é feita a sua administração, podendo correr o risco de levar o negócio à falência pela má gestão dos recursos alocados.

Gestão de capital de giro: quais são seus objetivos?

Fazer a administração do capital de giro de uma empresa requer amplo conhecimento das necessidades, demandas e despesas que uma empresa pode vir ao longo do tempo.

Começar um negócio do zero é sempre desafiador, por isso, é necessário que o empresário entenda como realizar a gestão do seu capital, ainda que conte com um funcionário para realizá-lo.

A gestão de um capital de giro conta com três objetivos principais:

- Manutenção do ciclo operacional;

- Retorno de investimento dos ativos atuais;

- Minimizar o custo do capital.

O ciclo operacional de uma empresa é o que mantém o negócio funcionando. Ele compreende a cadeia de produção desde a aquisição da matéria-prima até a chegada do produto ao consumidor final.

Sua regularidade é o que faz a roda de investimentos da empresa continuar girando, ou seja, todo custo que sai na produção e elaboração dos produtos vendidos pela organização, deve retornar com lucros.

Esse retorno é aplicado pelo ROI (Retorno sobre Investimento), e precisa ser maior que o custo médio do capital, ou seja, além de pagar as despesas operacionais, a empresa também precisa garantir o lucro que deve retornar ao capital de giro para mantê-lo na ativa.

Por último, mas não menos importante, um dos principais objetivos de um empresário hoje é reduzir o custo do seu capital. Isso significa que a manutenção do capital de giro precisa diminuir de acordo com o avanço nas vendas e investimentos que a empresa for realizar.

A manutenção desse capital deve ser negociada e gerenciada com extrema cautela, evitando que a empresa faça dívidas desnecessárias e possa contar com um capital de giro forte para cobrir gastos em um período baixo de vendas.

O que é preciso para manter um capital de giro forte?

Como visto anteriormente, o capital de giro compreende os investimentos da empresa, através dele é possível saber quanto a organização está gastando para cobrir os custos e quanto está recebendo de retorno.

No entanto, para manter um capital de giro forte, é necessário ter atenção em alguns elementos. Os mais importantes são:

- Dinheiro;

- Inventário;

- Credores e devedores.

Para começar um capital de giro, é necessário investir dinheiro. Isso geralmente acontece antes da abertura oficial da empresa, com os sócios colocando os primeiros valores para a compra da matéria-prima para a produção ou os produtos para revenda.

Esse investimento também é importante para que a empresa não sofra uma escassez de recursos e possa ser utilizado também para fazer novos negócios para a organização, podendo, então, potencializar ainda mais o capital de giro.

Os investimentos no capital de giro também são importantes para evitar que a empresa precise recorrer a empréstimos, mas caso seja necessário, ele pode ser um fator decisório para que o banco libere a linha de crédito.

Credores e devedores dizem respeito a quem receber e quem paga. O credor de uma empresa sempre será os fornecedores que prestam serviço para empresa. Já os devedores são as contas a receber, o valor que a organização recolhe a partir dos serviços que presta.

Por fim, o inventário é uma peça fundamental para a saúde do capital de giro. Ele corresponde ao estoque da empresa. É necessário que os empresários e gerentes tenham uma boa administração do estoque para evitar perdas do mesmo.

Um bom estoque sempre pode ser realizado a partir do conhecimento prévio do público-alvo da empresa, entender as demandas e necessidades do cliente externo possibilita a organização investir no que irá gerar mais resultados que perdas.

Se você está pensando em abrir uma empresa, tenha em mente de iniciar seu planejamento a partir do capital de giro, dessa maneira, seu negócio poderá durar com uma boa saúde financeira durante anos.

Você Vai Se Surpreender Com As Oportunidades Que Temos Para Sua Empresa!