Logotipo Da Profitage

Atuação Nacional

Como Organizar Minha Empresa Financeiramente

Atuamos Em Todo Brasil!

Link Para Abrir Whatsapp da Profitage(11)9.4037-7673
Fundador

fundador

Sérgio Martins - Fundador da Profitage
Contato
Oportunidades

A desorganização financeira é um problema bastante recorrente nas empresas. No entanto, essa falta de cuidado com o dinheiro pode gerar consequências graves, como endividamento, queda de lucros e até mesmo a falência da empresa. E o assunto deste artigo é justamente esse: como organizar as finanças da minha empresa?

Muitos empresários passam anos sem ter um controle financeiro eficiente em seus negócios. Contudo, basta uma simples crise que tudo que foi conquistado pode literalmente “entrar pelo ralo”, simplesmente pela falta de organização.

Acompanhe a seguir o passo a passo para ter o controle das suas finanças e saiba “como controlar as finanças da minha empresa?”:

Identifique os problemas

Vamos supor que a empresa esteja vendendo bem e o dinheiro está entrando no caixa. No entanto, da mesma forma que o dinheiro entra, o faturamento da sua empresa “evapora” sem que você perceba. Se isso acontece em sua empresa, é um sinal de alerta de que seu negócio está desorganizado financeiramente.

E se a empresa está faturando pouco? O que fazer? Nesta situação, provavelmente o empresário pagará as despesas mais urgentes e ficará adiando o pagamento de algumas dívidas, gerando um endividamento sem fim.

Outro exemplo de má organização é quando o empresário mistura as despesas pessoais com as contas da empresa. Erro muito comum, mas que faz com que o empresário não tenha o pleno controle das finanças da sua empresa.

Esses são apenas alguns exemplos de problemas de organização financeira nas empresas. Contudo, esses pequenos deslizes de falta de organização financeira acabam sendo prejudiciais, pois, dificilmente a empresa vai conseguir crescer e prosperar.

Organize o fluxo de caixa

Após identificar os problemas que estão causando a desorganização financeira, é hora de começar a ter disciplina no seu negócio. Por isso, comece a fazer o acompanhamento diário de tudo que envolve as finanças da sua empresa.

Você pode começar organizando o fluxo de caixa e ter o controle sobre movimentações como:

  • Receitas;
  • Despesas;
  • Contas a pagar;
  • Contas a receber;
  • Entre outras.

Fazendo este acompanhamento diário, você já começa a perceber os primeiros sinais de ”como organizar as finanças da minha empresa” de forma eficiente. Tendo o pleno controle do fluxo de caixa, você poderá atuar de forma mais incisiva, tomando as decisões corretas para que a empresa seja bem administrada.

Conheça os indicadores do seu negócio

Para saber como controlar as finanças da minha empresa, é preciso primeiramente conhecer alguns indicadores da sua empresa e dos produtos ou serviços que seu negócio vende. Por exemplo:

  • Custos fixos da empresa;
  • Custos variáveis;
  • Ponto de equilíbrio financeiro;
  • Precificação dos produtos ou serviços;
  • Margem de lucro;
  • Endividamento;
  • Entre outros.

Muitas vezes, o empresário estipula a precificação dos seus produtos ou serviços tendo como base uma média de mercado. Contudo, fazendo isso, ele não tem a dimensão de qual é o lucro real nas suas vendas.

Ou seja, a falsa impressão que o faturamento está bom acaba gerando confiança de que a empresa opera de forma estável e caminhando rumo ao sucesso. Porém, sem ter o devido controle dos indicadores e dos reais custos envolvidos nos processos da empresa, a tendência é que a empresa fique estagnada e aos poucos vá perdendo espaço no mercado.

Tenha capital de giro

O capital de giro faz parte das reservas que a empresa possui para manter as operações, conforme a demanda do mercado. No entanto, o que mais se vê no mundo corporativo são empresas que estão com seu capital de giro abaixo do prudencial ou praticamente zerado.

O capital de giro é essencial quando o assunto é “como controlar as finanças da minha empresa?”. Não dá pra ficar pegando empréstimo de bancos, atrasar fornecedores ou adiar dívidas a todo o momento. Isso gera problemas maiores como juros, protestos, ações judiciais, entre outros itens que aumentam as dívidas da empresa e fazem seu lucro evaporar.

Dessa forma, ter capital de giro garante tranquilidade para que você possa resolver os problemas de imediato e consiga chegar ao objetivo de ”como organizar as finanças da minha empresa?”.

Se sua empresa precisa de capital de giro urgente, veja como podemos oferecer a verba que precisa para organizar as finanças da sua empresa e estruturar sua empresa em direção ao sucesso.

Utilize a tecnologia a seu favor

Outra dica interessante de ”como organizar minha empresa” é automatizar processos e utilizar a tecnologia a seu favor. São diversas ferramentas de gestão empresarial disponíveis no mercado que podem lhe auxiliar no controle financeiro da sua empresa.

Além disso, os sistemas de gestão empresarial auxiliam diretamente na tomada de decisão, trazendo relatórios e estatísticas precisas sobre o seu negócio para que você consiga fazer escolhas assertivas.

Em empresas de pequeno e médio porte, por exemplo, o acúmulo de tarefas acaba sobrecarregando os empresários que estão à frente da administração da empresa.

Dessa forma, a tecnologia consegue ser sua aliada mais sensata, proporcionando mais agilidade em alguns processos, gerando informação precisa e auxiliando no controle financeiro da empresa.

Conte com ajuda de especialistas em gestão

Por fim, você também pode contar com a ajuda de especialistas na área de gestão e recuperação de empresas. Eles podem ser a resposta que você procura de ”como organizar minha empresa?”. Esses profissionais têm larga experiência no mercado e expertise para fazer sua empresa ter pleno controle sobre as finanças.

Profissionais que atuam nesta área conseguem resolver diversos problemas como:

  • Aportar dinheiro via mercado financeiro;
  • Montar um plano de recuperação;
  • Traçar um planejamento estratégico de ações;
  • Fazer análise de oportunidades e riscos;
  • Entre outros.

Ou seja, é uma solução completa para que sua empresa consiga se recuperar e ter pleno controle das finanças. Além disso, é muito melhor ter ajuda de especialistas que entendem do assunto e sabem qual é o caminho mais fácil de como controlar as finanças da minha empresa.

Tenha uma solução completa!

Como vimos neste artigo, ter pleno controle financeiro de uma empresa depende de vários fatores como: disciplina, controle dos processos, organização, modernização e conhecimento técnico.

Organização Financeira Empresarial

Um dos passos mais importantes para obter o sucesso empresarial é realizar uma boa organização financeira. A partir dela, seus empresários poderão ter um maior controle do seu capital, além de ajudar nas tomadas de decisões da empresa.

A organização financeira é algo fundamental para empresa de qualquer gênero e porte, sendo ainda mais importante para os novos empresários, donos de pequenos negócios que precisam ter um excelente planejamento de caixa para não fecharem as portas.

Saiba como a organização financeira empresarial pode auxiliar no sucesso do seu negócio.

Ao abrir uma empresa, seus sócios já precisam se preocupar com os investimentos diretos do capital de giro, afinal, é através dele que é possível guiar o fluxo de caixa e preparar a empresa para as épocas de sazonalidade, quando as vendas tendem a cair.

Sendo assim, o primeiro passo para garantir uma boa organização financeira empresarial é realizar um planejamento financeiro. O planejamento financeiro nada mais é que um orçamento onde são definidos os objetivos, as metas e as estratégias para atingir o sucesso a médio e longo prazo, sem correr o risco de grandes falhas no processo.

Com esse orçamento em mãos, gestores e empresários conseguem ter uma melhor visualização do fluxo de caixa, acompanhando as entradas e saídas com um maior conhecimento, podendo assim, mensurar previamente os ganhos e perdas daquele negócio.

Para que esse processo de organização financeira empresarial seja mais dinâmico e possa ser compartilhado com outros colaboradores, a empresa pode optar por investir em um software para dinamizar essas demandas e obter leituras ainda mais rápidas sobre a saúde financeira do empreendimento.

Obter esse dinamismo durante a organização financeira ocasionará em um grande impacto na administração do capital de giro da empresa. Por ser a parte mais importante para o bom funcionamento da organização, ter total conhecimento e controle das movimentações fará toda a diferença no momento de honrar com compromissos importantes.

Outro passo importante para realizar uma organização financeira empresarial de sucesso é possuir reservas econômicas na empresa. Elas podem estar alocadas dentro do capital de giro e são uma grande ajuda para o empresário em um possível imprevisto, evitando assim, que o empreendimento tenha que recorrer a empréstimos de última hora.

É importante que ao realizar uma organização financeira, o profissional responsável por ela tenha ciência de onde cortar gastos que sejam realmente desnecessários à empresa. Nesse caso, a empresa pode e deve contar com um analista contábil para que esses cortes sejam realizados sem prejudicar a rotina desse empreendimento.

Podemos entender então, que a organização financeira empresarial exerce um grande papel para o futuro do negócio, podendo também servir de análise para que o empresário saiba onde investir e com quem realizar ‘networkings’ importantes para seus investimentos.

Sendo assim, caso esteja abrindo uma empresa ou precisando melhorar o retorno financeiro, tenha em mente a importância que uma boa organização financeira pode ter no capital de giro e estimule seus gestores ou sócios a manterem o planejamento durante a conquista de metas e objetivos.

Você Vai Se Surpreender Com As Oportunidades Que Temos Para Sua Empresa!