Logotipo Da Profitage

Atuação Nacional

Como Superar Uma Crise Financeira

Atuamos Em Todo Brasil!

Link Para Abrir Whatsapp da Profitage(11)9.4037-7673
Fundador

fundador

Sérgio Martins - Fundador da Profitage
Contato
Oportunidades

Uma das situações mais estressantes na vida de qualquer pessoa, sem sombra de dúvida, é ter mais dívidas do que dinheiro disponível para quitá-las.

É extremamente difícil manter a calma em momentos como esse, mas isso é necessário, já que superar uma crise financeira exige disciplina e muito planejamento.

Infelizmente, muitas pessoas, ao passarem por um momento de crise financeira, acreditam serem 100% culpadas pelo ocorrido. Mas não é preciso se cobrar tanto. Uma crise financeira pode ocorrer a qualquer momento e pode ser causada pelos mais diferentes fatores.

Assim, até mesmo uma conta fechada de forma errada ou um problema logístico que parece inofensivo, pode ser o estopim para que os problemas financeiros surjam.

Por isso, antes de tomar decisões mais bruscas, como demitir funcionários, vender bens pessoais ou abrir mão de seus negócios, é preciso criar estratégias.

NÃO NEGUE O QUE ESTÁ ACONTECENDO

É natural do ser humano entrar em estado de negação diante de uma situação inesperada e, por vezes, desesperadora. Quando o colapso é financeiro, a impressão que temos é de que o problema se torna ainda maior.

Porém, negar o que está acontecendo pode ser a pior escolha nesse momento.

Se não somos capazes de aceitar algo, também não somos capazes de encontrar saídas de forma racional, o que pode agravar a crise. Esse agravamento ocorre quando, em meio à turbulência, aceitamos qualquer negócio para nos vermos livres da situação. E sem pesar prós e contras.

Por esse motivo, aceite o cenário em que você se encontra e trabalhe a partir desse ponto, com todas as ferramentas disponíveis.

Isso não é conformismo, é planejamento.

REDUZA DESPESAS

Esse é o melhor ponto para iniciar uma recuperação financeira, sem dúvida.

Dependendo do porte da empresa, cortar pequenos gastos pode fazer muita diferença. Nesse momento, não se preocupe em conseguir reduzir gastos de forma gritante. De início, faça com pequenos cortes no orçamento e avalie o impacto disso na saúde financeira do negócio.

Caso você possua uma empresa de pequeno porte, por exemplo, que costuma contratar terceiros para realizarem entregas, abra mão desse serviço e faça essas entregas por conta própria.

Também congele as contratações momentaneamente. Se for necessário, verifique entre os funcionários se há a possibilidade de deslocar pessoas para outras funções, em que seriam mais bem aproveitadas. Claro, isso sem sobrecarregar os colaboradores.

Reavalie os gastos com energia elétrica dos últimos meses e veja como podem ser reduzidos. Determinados equipamentos, por exemplo, podem ser desconectados durante a noite, minimizando os custos.

Além disso, de forma alguma, misture as suas finanças pessoais com as de sua empresa. Isso inclui não adquirir nada que seja para uso privado por meio do seu negócio.

Se você está com dificuldades para entender essas questões, entre em contato conosco. Estamos prontos para ajudá-lo no que for preciso.

NEGOCIE COM SEUS FORNECEDORES

Caso você solicite mercadorias de determinados fornecedores a um certo tempo, é provável que já tenha construído relações sólidas com os mesmos. Em momentos de crise financeira, é preciso fazer uso dessas relações em benefício da sua empresa.

Para isso, tente negociar com tais fornecedores, visando obter preços mais baixos e melhores opções de parcelamento. Caso isso não seja possível, não pense duas vezes antes de optar por outros fornecedores. Nesse momento, a economia é fundamental.

Também evite realizar compras em grande quantidade, investindo sempre a curto prazo, para garantir um retorno mais rápido.

Não se preocupe em economizar valores muito expressivos no momento. O foco, nesse caso, é evitar uma perda maior de dinheiro.

MELHORE SEU MARKETING

A principal ferramenta para tirar sua empresa de uma crise financeira é, claramente, aumentar suas vendas ou suas conversões.

Para que isso ocorra, é fundamental investir em uma das melhores ferramentas existentes: a internet.

Redes sociais oferecem diversos recursos, muitos deles gratuitos, que podem ser utilizados em favor do seu negócio. Promover seus produtos por meio delas depende apenas de estratégia e um pouco de conhecimento de Marketing.

Por essa razão, caso não haja um profissional responsável por isso na sua empresa, faça você mesmo um dos diversos cursos relacionados ao tema disponíveis, de forma gratuita e online.

Aprenda o básico para chamar atenção em tais redes e, com algum empenho e dedicação, é possível aumentar as vendas em pouco tempo.

Assim que houver verba suficiente disponível em caixa, contrate um especialista da área, que poderá ajudá-lo com novas estratégias, além de apontar como e quanto é necessário investir em mídia paga para acelerar ainda mais as vendas.

REVISE SEU LUCRO

A ideia não é cortar o lucro, mas diminuir sua margem.

O fator mais importante para que a sua empresa supere uma crise financeira é, simplesmente, vender.

Se essas vendas estiverem estagnadas ou caindo, considere um reajuste nos preços para que o volume de vendas aumente. Você ganhará, porque venderá mais, não porque venderá por um preço maior.

Adotar essa estratégia também pode ser uma escolha assertiva em termos de fidelização dos clientes. Com preços mais baixos, mais consumidores poderão conhecer seus produtos e, quando a empresa estiver recuperada, continuarão consumindo, mesmo com o aumento de preço.

Esse, também, é um passo para ser atrelado ao item anterior, já que as redes sociais podem fazer total diferença na captação de novos clientes.

SOLICITAR CRÉDITO? APENAS EM ÚLTIMO CASO!

Como já mencionamos, é bastante comum que as pessoas se desesperem ante uma crise financeira e, sem uma avaliação prévia da situação, partam diretamente para a solicitação de crédito em bancos.

Mas esse pode ser um erro fatal para a sua empresa.

A disponibilidade de dinheiro em um momento difícil pode ser tentadora, mas os altos juros, principalmente quando falamos de cheque especial, podem transformar o que parecia ser uma salvação em um verdadeiro pesadelo.

Com juros sobre juros, é possível criar uma bola de neve e acabar levando o seu negócio que, com um pouco mais de planejamento conseguiria se restabelecer, à falência iminente.

Se mesmo assim, você achar que essa é a melhor solução diante do cenário, coloque tudo no papel, para ter absoluto controle e evitar maiores problemas.

Antes de finalizarmos, lembre-se do motivo pelo qual você abriu o seu negócio, suas motivações. Empreender é um desafio diário e uma crise financeira é apenas mais um desses desafios.

Se a crise financeira está complicando a sua vida e a de sua empresa, fale conosco! Estamos aguardando o seu contato, prontos para ajudá-lo no que você precisar.

Você Vai Se Surpreender Com As Oportunidades Que Temos Para Sua Empresa!