Logotipo Da Profitage

Atuação Nacional

Empréstimo Para Capital de Giro

Atuamos Em Todo Brasil!

Link Para Abrir Whatsapp da Profitage(11)9.4037-7673
Fundador

fundador

Sérgio Martins - Fundador da Profitage
Contato
Oportunidades

Além do aporte financeiro inicial necessário para colocar um negócio em funcionamento, é preciso um bom capital de giro. Como o próprio nome diz, trata-se do dinheiro usado para fazer a empresa girar. Na prática, esse é o capital que indica qual é a probabilidade da empresa honrar seus compromissos financeiros.

Mas qual é a composição do capital de giro? Como gerenciar esse montante? Como descobrir qual é o capital de giro ideal do seu negócio? Como resolver dificuldades financeiras atreladas a esse capital? Acompanhe as respostas práticas e objetivas para essas e outras questões na sequência!

Do que o capital de giro é feito? Basicamente, o capital de giro compreende os recursos financeiros de alta liquidez. Então, faz parte desse montante:

estoque; contas a receber; títulos do tesouro. Todos esses elementos (e muitos outros) são, ao menos teoricamente, facilmente convertidos em dinheiro. Em teoria, os produtos estocados se transformarão em rentabilidade. Contudo, uma má política de gerenciamento de marketing digital, por exemplo, pode dificultar essa conversão, a qual parecia tão simples.

Como gerir o capital de giro? Existem muitos problemas relacionados ao capital de giro. Se mal administrados, eles tendem a comprometer o tão falado dinheiro em caixa. Em um cenário como esse, é preciso aprimorar a gestão de um capital tão imprescindível para a existência da empresa.

O capital de giro deve ser ampliado para que ele seja, nos piores momentos, uma reserva financeira importante. Basta lembrar-se daqueles meses em que a margem de vendas diminui. Quando isso acontece e a empresa tem um bom capital de giro, ela não precisa solicitar recursos de terceiros.

Para manter o capital de giro em um volume que promova tranquilidade à gestão financeira do negócio, é necessário inovar. Em outras palavras, a empresa deve aperfeiçoar e modernizar a própria gestão. Como? Por meio de ferramentas tecnológicas que facilitem o monitoramento das fontes de receita, linkando com a estocagem de produtos. As informações atreladas ao capital de giro devem estar disponíveis em tempo real.

Como saber o capital de giro ideal do seu negócio? Para se chegar a um valor aproximado, é importante definir os custos fixos da empresa. Além disso, deve-se considerar também a margem de vendas exigida para iniciar o lucro. Se metade do lucro é comprometida com a alimentação do estoque no próximo período, o capital de giro precisa se expandir.

Por que um baixo capital de giro influencia no pedido de financiamentos e empréstimos? Porque este capital está vinculado à capacidade de a empresa se manter adimplente. Antes de conceder crédito, as instituições financeiras avaliam uma série de indicadores da empresa. Um dos principais é justamente o capital de giro.

Como melhorar o capital de giro por meio de medidas simples? Só elas não resolvem, mas há duas ações bem simples que ajudam bastante:

renegociar novos prazos com fornecedores; providenciar um estoque mais enxuto e de maior valor agregado. Como resolver problemas urgentes vinculados a esse capital? Finalmente, vale salientar que as situações mais emergenciais envolvendo o capital de giro pedem soluções desenvolvidas sob medida. Esse é o caso da solicitação de empréstimos, os quais não devem afetar o caixa da empresa. Felizmente, há quem realize aportes financeiros vantajosos para empresas que estejam vivendo um momento financeiro ruim.

Somos uma organização especializada em revigorar o capital de giro de empresas que se encontram em uma situação difícil. Venha conversar com a gente!

Você Vai Se Surpreender Com As Oportunidades Que Temos Para Sua Empresa!